Oito Desenhos hiperrealistas do artista Dirk Dzimirsky

A primeira vez que você vê os desenhos hiper-realistas de Dirk Dzimirsky , você fica convencido de que se trata de fotografias a preto e branco. Na verdade, esse ainda é a sensação que você tem quando você os vê pela centésima vez, porque eles realmente são muito bons.

Eu adoro esse tipo de desenhos ultra-realistas. Desde que eu vi pela primeira vez obras de grafite de Paul Cadden fiquei praticamente viciado nestes trabalhos foto-realistas de arte. Dirk Dzimirsky é mais um daqueles raros artistas que têm a capacidade de praticamente criar uma foto com suas próprias mãos. Usando fotos apenas para inspiração, ele configura proporções básicas e, em seguida, desenha camada após camada, até que criar algo incrivelmente realista.

Ele usa luz e sombra para capturar a essência emocional de cada ser humano retratado em seu desenho. “Eu quero capturar e descrever um que há de específico em cada pessoas.Semelhante ao que um escritor detalhista pode empregar em sua análise de um indivíduo, eu tento retratar não só os atributos físicos, mas o mais importante a personalidade interior de cada pessoa”, diz o artista.

Dzimirsky comecou a fazer desenhos hiper-realistas “como uma reação direta à mania de beleza divulgada na mídia, a remoção permanente das imperfeições humanas. Você não consegue ver uma imagem sem tratamento de photoshop em revistas nos dias de hoje “, e ele considera essas imagens como sendo uma anti-arte que apenas mente para as pessoas.Assim, ele se propôs a criar suas próprias fotos reais, desenhando tudo o que vê, a partir das características mais belas de uma pessoa, até mesmo suas rugas e manchas.

Eu escolho desenhar sobre a pintura, pois isso me permite criar muitas camadas sobre camadas de linhas e pontos que reagem entre si, a fim de criar uma textura vibrante com orientações e movimento. Esta abordagem permite que o trabalho acabado possa ser visto com mais sentimento, em oposição ao padrão de observação visual de uma fotografia. Pessoalmente, vejo a prática do desenho como uma reminiscência de riscar sobre uma superfície para observar o que está escondido por baixo, cobrindo e escondendo detalhes e formas que podem ter contribuído para a sensualidade de uma obra “, diz Dzimirsky.

separador 3
separador 3
separador 3
separador 3
separador 3
Fotos © Dirk Dzimirsky
Deixe seu comentário ou sua pergunta no espaço abaixo

95% das Pessoas que leram esse artigo, também leram os artigos abaixo:

Preencha os dados solicitados e receba o Seu E-Book Grátis por E-mail agora mesmo! 

Carlos Damasceno

Carlos Damasceno é desenhista profissional e professor de desenho. Especialista em ajudar pessoas a desenvolverem o seu talento para o desenho sem precisarem pagar por curso caros e demorados.

Website: http://comoaprenderadesenhar.com.br/