4 maneiras de segurar um lápis e melhorar seus desenhos

Teorias abundam sobre como um artista deve segurar um lápis.

Tentar forçar-se a usar uma pegada artificial é provavelmente uma das piores coisas que você pode fazer pelo seu desenho – isso só cria estresse e perturba o fluxo natural do seu traço.

Porém aprender como segurar um lápis de novas maneiras vale a pena – você pode encontrar métodos que melhor aproveitem suas tendências naturais.

Uma pegada básica é a mesma que você usa para escrever – uma que pode ser ajustada por levantar a mão do papel, dando-lhe mais liberdade.

Você também pode treinar-se para usar pegadas com a mão por cima e por baixo do lápis que são perfeitas para esboçar e sombrear rapidamente  .

Vamos explorar cada pegada de lápis, mostrando como segurar o lápis e quando você pode usar cada posição.

1 de 4 – Pegada básica com 3 dedos

maneiras de segurar um lápis e melhorar seus desenhos - Pegada básica com 3 dedos

O método mais comum de segurar um lápis – o mesmo que você provavelmente usa para escrever – é a pegada básica com três dedos.

O polegar e o indicador formam um triângulo com o dedo médio, com a forma sendo apoiada pelo dedo anelar e mindinho.

Essa pegada permite um controle rígido sobre o lápis, por isso é ideal para desenhar detalhes quando a precisão é importante.

A posição vertical do lápis permite um sombreamento preciso, utilizando a ponta em vez do lado do lápis.

Ao usar essa pegada, use os dedos e o polegar para controlar o movimento do lápis.

Para um bom trabalho, sua mão pode descansar no papel. Use uma folha de papel para manter seu desenho livre de manchas e óleos da pele.

Se for necessário mais movimento, seu pulso ou cotovelo podem ficar apoiados na borda da superfície do desenho e ser usado como um pivô.

2 de 4 – Pegada com 3 dedos e o pulso suspenso

maneiras de segurar um lápis e melhorar seus desenhos - Pegada com 3 dedos e o pulso suspenso

Outra maneira útil de segurar um lápis é a pegada como três dedos, porém mantendo o pulso suspenso.

Esse método usa a mesma sustentação da pegada básica – um triângulo formado pelo polegar, dedo indicador e dedo médio -, mas a empunhadura fica sobre o lápis.

Por ser semelhante à pegada mais familiar, você pode achar que é uma maneira confortável de segurar um lápis para desenhar enquanto desfruta da liberdade extra que isso permite.

Segurando o lápis nessa pegada, os pequenos movimentos dos dedos podem produzir movimentos muito maiores da ponta do lápis – uma aderência econômica e eficiente para o esboço.

Ele também mantém sua mão fora da superfície de criação, reduzindo as chances de borrar seu trabalho.

Para obter melhores resultados, mantenha um controle relaxado sobre o lápis – uma pegada firme e apertada é cansativo e restritivo.

3 de 4 – Pegada com a mão por cima do Lápis

maneiras de segurar um lápis e melhorar seus desenhos - Pegada com a mão por cima do Lápis

A pegada com a mão por cima do lápis é uma maneira popular de segurar um lápis para desenhar. Ela permite sombrear com o lado do lápis e também é um recurso útil para superfícies de desenho vertical, como um  cavalete .

Para criar essa pegada, segure o lápis levemente contra os dedos com a palma do polegar.

A posição real irá variar de acordo com as proporções da sua mão; o objetivo principal é ter uma pegada segura, mas relaxada, no lápis.

Para obter melhores resultados, sente-se ou fique em pé de forma que seu braço tenha uma amplitude total de movimentos, permitindo uma marcação expressiva e gratuita.

Embora esse tipo de pegada seja frequentemente demonstrada como a maneira “correta” de segurar um lápis para desenhar (e é um método útil), não é mais correto do que qualquer outra forma de pegar no lápis.

4 de 4 – Pegada com a mão por baixo do Lápis

maneiras de segurar um lápis e melhorar seus desenhos - Pegada com a mão por baixo do Lápis

A pegada com a mão por baixo do lápis é uma maneira muito solta e relaxada de segurar um lápis. É útil para esboços casuais e amplos e é uma ótima maneira de desenhar com carvão.

Esta forma é basicamente um tripé inclinado, mas pode ser modificado para se adequar ao seu conforto.

Por exemplo, você pode mover o polegar para cima no lápis. Alguns artistas também permitem que o lápis se sente no “V” do polegar e da palma da mão, com o indicador e o dedo médio controlando suavemente a ponta.

Bom… aqui são 4 maneiras que você pode treinar para segurar o lápis quando for desenhar, mas são apenas recursos e não devem ser encaradas como regras.

Quando eu estou fazendo um desenho, dependendo do momento e do tipo de detalhe, vou revezando as formas de segurar o lápis.

Recomendo que você treine usar todas as formas de pegar no lápis que você possa vir a conhecer, para que você não tenha dificuldades na hora de elaborar os seus desenhos.

Espero que esse artigo tenha sido útil para você.

E caso você conheça outras formas de segurar o lápis para desenhar, então deixa sua dica aqui nos comentários. Isso vai ajudar muitos que estão começando a dar os seus primeiros traços.

E se você quer ir além e aprender tudo sobre desenhos realistas a lápis, então você deve visitar essa página.

Valeu?

Grande abraço e Vamos desenhar juntos!

 

Deixe seu comentário ou sua pergunta no espaço abaixo

95% das Pessoas que leram esse artigo, também leram os artigos abaixo:

Preencha os dados solicitados e receba o Seu E-Book Grátis por E-mail agora mesmo! 

Carlos Damasceno

Carlos Damasceno é desenhista profissional e professor de desenho. Especialista em ajudar pessoas a desenvolverem o seu talento para o desenho sem precisarem pagar por curso caros e demorados.

Website: http://comoaprenderadesenhar.com.br/