Lição 4: Como Desenhar com Proporções Precisas


Proporções refere-se simplesmente às relações de tamanho entre objetos. Se você quiser desenhar um assunto ou cena com proporções precisas, vai precisar empregar técnicas adequadas e treinar seus olhos também.

Ao desenhar, a maior parte do meu tempo é gasto em medir, comparar, medir de novo e reavaliar. Quanto mais tempo você passar tentando melhorar a precisão do seu desenho, melhor você vai “ver”.

Como Desenhar proporções Corretas

Vou introduzir algumas técnicas para medir e verificar sua precisão. Quando você desenha, é melhor usar o máximo de técnicas de medição possível. Você pode usar essas técnicas em qualquer ordem e onde achar melhor.

Gosto de medir o que eu vou desenhar antes, durante e às vezes até depois de terminar um desenho de retrato.

Medir antes de desenhar me ajuda a entender o que estou vendo e me familiarizar com o assunto. É muito útil quando desenho o retrato de pessoas que eu nunca vi antes.

Medir depois que eu desenhei é uma maneira de eu fazer uma verificação final para encontrar erros que eu possa ter cometido e uma maneira de ganhar confiança para finalizar o desenho. É importante medir até o fim!

Importante: Quando você estiver fazendo esse trabalho, tente manter as linhas leves para que seja possível apagar facilmente quando necessário.

#1: Medir com seu lápis

Para desenhar algo preciso em tamanho relativo, você pode usar o seu lápis e polegar como ferramenta de medição para medir as relações entre partes do corpo ou objetos em uma cena. Veja como fazer:

Manter a Precisão em todas as medições

Antes de fazer qualquer medição, é importante entender como manter a precisão durante todo o processo de medição.

Manter a Precisão em todas as medições - lápis e polegar

Levante o lápis bem na frente do olho sem dobrar o cotovelo. Se dobrar o cotovelo será difícil manter medidas constantes. Isso pode resultar em erros de composição. Uma vez que seu braço está pivotando a partir de seu ombro, não de seu olho, suas medidas não permanecerão precisas durante todo o processo. Para combater isso, baixe o olho o mais perto possível do ombro para obter as medidas mais precisas do início ao fim.

Se você estiver desenhando a partir de uma imagem de referência, não há a necessidade de se preocupar em dobrar o cotovelo ou inclinar a cabeça porque você pode medir diretamente a foto de refrência.

Se você não se sentir confortável usando o lápis como ferramenta de medição, você pode usar o divisor de proporção.

Meça o comprimento e a largura do seu modelo

Manter a Precisão em todas as medições - medindo o comprimento
Comprimento

Use a ponta do lápis e a ponta do polegar para medir a altura da cabeça do seu modelo. Para descobrir o quão alto ele é, mova sua mão para baixo lentamente, contanto o quão alto seu modelo é um unidades de cabeça. Por este exemplo, seu modelo é igual a 8 cabeças. Essas unidades são relativas, então você pode fazer o seu desenho muito maior ou menor em comparação com o tamanho original da imagem de referência.

Digamos que eu já desenhei a cabeça e então decidi que eu poderia muito bem desenhar o resto do corpo também. Já que sei que o homem tem 8 cabeças de altura, tudo o que preciso fazer é medir a cabeça no meu desenho e multiplicar isso por 8 para descobrir onde vou precisar desenhar os pés dele.

Largura

Você pode fazer a mesma coisa para a largura também. basta medir o comprimento da cabeça e, em seguida, gire o lápis horizontalmente. Você poderá descobrir a largura da cabeça, bem como dos ombros, da cintura, etc.

Nota: Às vezes, a relação entre duas partes do corpo não será uma medida inteira. Neste caso, você precisará procurar por outros relacionamentos ou fazer o seu melhor para olhar essa parte do esboço.

Como transferir essas informações para o seu papel de desenho

Manter a Precisão em todas as medições - como transferir para o caderno de desenho

Qual o comprimento máximo que você quer para o seu desenho? Uma vez que você decidir, faça um traço na parte superior e inferior do caderno de desenho. Esses traços te ajudarão a desenhar uma linha vertical que liga esse dois traços, e nela, você poderá alinha perfeitamente os outros traços.

Já que sabemos que o homem tem 8 cabeças de altura, podemos dividir o espaço com confiança em 8 seções iguais verticalmente. Verifique se os espaços estão todos iguais. Você pode usar uma régua para fazer isso. Agora que tenho meus traços de divisão, sei a altura e a largura exatas para desenhar a cabeça.

Manter a Precisão em todas as medições - tamanho da cabeça

Medir e comparar outras partes do corpo

Você pode usar essa técnica para medir todas as outras partes do corpo para ter uma boa ideia das relações de tamanho entre cada uma. Isso é muito útil quando você está desenhando várias pessoas em uma cena. Como você sabe quão alto algo ou largo é uma pessoa com relação a outra? Quão grande você deve desenhar a cabeça de uma criança com comparação com a cabeça de seus pais?

Exemplo:

Manter a Precisão em todas as medições exemplo do uso de medidas
  • A nádega é igual a 2 cabeças
  • O sapato direito é ligeiramente menos em largura que o sapato esquerdo
  • etc.

Se houver outra pessoa na cena, você pode comparar os dois corpos um contra o outro para que você saiba o tamanho que deve desenhar a segunda pessoa ou que tamanho tem a sua cabeça comparado com a cabeça da primeira pessoa.

#2: Verifique as relações entre objetos no eixo vertical e horizontal

Manter a Precisão em todas as medições - alinhamento no eixo

Acertar o dimensionamento é ótimo, mas também é importante saber onde alinhar tudo. Digamos que você já pulou na frente e fez o esboço sem levar em consideração o alinhamento. Você mediu o comprimento e a largura de cada parte do corpo corretamente, mas algo ainda não parece certo.

Nos exemplos abaixo, foi usado linhas verticais e horizontais para descobrir onde certas partes do corpo estão alinhadas.

Manter a Precisão em todas as medições - usando linha para alinhar o desenho

Se você olhar para a primeira linha de imagens, verá que as seguintes declarações são verdadeiras:

  • Imagem 1: O ombro direito e a nádega direita estão perfeitamente alinhados no eixo vertical.
  • Imagem 2: O meio da cabeça está alinhado cm o lado interno do pé direito.
  • Imagem 3: A parte inferior do sapato esquerdo desce para o meio do sapato direito.
  • Imagem 4: O cotovelo esquerdo está mais baixo que o cotovelo direito.

Se você comparar a linha superior com a linha inferior, notará que 3 dessas observações NÃO correspondem ao esboço. Agora você pode ver o que está de errado e o que precisa ser consertado.

Ferramentas que você pode usar

Para obter medições verticais/horizontais precisas do seu desenho, você pode usar as seguintes ferramentas:

  • Um nível
  • Um peso na extremidade de um cordão, conhecido como uma linha plumb bob (funciona apenas para medições verticais)
  • Seu lápis: Coloque o lápis na frente do olho e alinhe-o com uma borda do reta, como a linha do horizonte ou qualquer outra coisa perfeitamente reta, caso você esteja na rua. Caso você esteja dentro de casa, você pode referenciar a borda do chão ou o lado de uma parede. Certifique-se de que suas referências verticais/horizontais não mudem!

Se você estiver desenhando a partir de uma referência fotográfica, você pode simplesmente usar uma régua ou um lápis. Pressione a régua contra a foto e alinhe-a nas bordas do papel. Para medições super precisas, você pode querer tentar uma prancheta de desenho com uma régua paralela embutida.

Se você estiver desenhando a partir de uma referência digital, você pode usar um software de edição de imagem para desenhar linhas diretamente na foto.

#3: Verifique ângulos

Manter a Precisão em todas as medições - verifique ângulos

Ângulos são especialmente difíceis de olhar. Para este dilema, use uma técnica de deslizamento. O que você vai fazer é segurar o braço entre o olho e o seu modelo sem dobrar o cotovelo e, em seguida, inclinar o lápis em um ângulo até que a borda do lápis corresponda ao ângulo que você está verificando. Em seguida, deslize cuidadosamente a mão na frente do seu desenho enquanto segura o lápis o mais firme possível.

Manter a Precisão em todas as medições - verifique ângulos - exemplo

Importante: Seu caderno de esboços deve estar em uma posição bastante vertical, apoiado em algo estável, como um cavalete e alinhado bastante perto do seu modelo para conseguir resultados precisos. Como iniciante, você quer minimizar a quantidade de tempo de viagem enquanto vai movendo sua mão do modelo para o seu caderno de desenho.

Se você perder o controle e o ângulo, não se preocupe. Desenhe-o de qualquer maneira, fazendo o seu melhor, em seguida, verifique sua linha repetindo o processo acima até que você consiga o ângulo corretamente.

Você pode usar a mesma técnica de deslizamento para medir a relação entre várias partes do corpo. Por exemplo: o ângulo da parte inferior do pé da gaivota até a extremidade de suas penas da cauda.

Sem dúvida, este é um processo tedioso. Quanto mais fizer isso, mais rápido você se tornará. Com o tempo, você vai ajustar seus olhos para desenhar com mais precisão, permitindo que você faça tudo isso rapidamente.

#4: Observe o Espaço Negativo

Se você acha mais fácil desenhar formas geométricas como quadros, triângulos ou círculos do que desenhar assuntos detalhados como pessoas e animais, aqui está uma técnica útil que você pode adicionar ao seu processo de desenho.

Manter a Precisão em todas as medições - observe o espaço negativo

Olhe um espaço negativo ao redor de seu modelo estranhamente moldado para encontrar formas familiares, como triângulos ou círculos que são fáceis para o seu cérebro reconhecer. Mudar seu foco do assunto para o esboço ao seu redor mudará a maneira como você vê, talvez simplificando-o, o que lhe permitirá fazer um desenho que tenha mais sentido.

Coisas importantes para lembrar

#1: Não pressione muito, mantenha suas linhas leves. certifique-se de que tudo está no lugar certo antes de começar a adicionar detalhes e sombreamento.

#2: Verificar as medidas uma ou duas vezes não é o suficiente. Pequenos erros que você comete no início podem somar a erros maiores no final. Então, certifique-se de medir várias vezes. Tente medir antes, durante e mesmo depois de completar o desenho.

#3: Gaste muito tempo medindo para obter os melhores resultados. Quanto mais tempo você passar, mais preciso será o seu desenho.

#4: Use todas as técnicas acima em qualquer ordem que você quiser… apenas certifique-se de tentar todas elas.

Lição de casa

Temos 4 imagens aqui, cada uma com um nível crescente de dificuldade. Sua lição de casa desta semana é usar as técnicas desta lição, mais o que você aprendeu nas lições anteriores para desenhar sua representação mais precisa de cada imagem.

Uma vez feito, você pode mandar para o meu e-mail carlosdamascenode[email protected], que eu vou selecionar e apresentarei seu trabalho para que os outros leitores possam conferir. Sinta-se livre para desenhar outros assuntos também.

E se você quiser deixar um comentário construtivo, tem um espaço para isso logo abaixo..

Lição anterior
Próxima Lição
Deixe seu comentário ou sua pergunta no espaço abaixo

Aprenda Desenho Realista com Carlos Damasceno - Baixe o Nosso E-Book grátis! ... Basta clicar no botão verde abaixo

BAIXAR E-BOOK NO TELEGRAM

Carlos Damasceno

Carlos Damasceno é desenhista profissional e professor de desenho. Especialista em ajudar pessoas a desenvolverem o seu talento para o desenho sem precisarem pagar por curso caros e demorados.

Website: http://comoaprenderadesenhar.com.br/