Desenhista profissional: 3 elementos críticos que cada um precisa saber

Se você está pensando em começar uma carreira como desenhista profissional, então você precisa decidir e se comprometer com três fatores. Seu sucesso dependerá deles

Little girl portraitO primeiro dia de aula no curso que eu ministro é sempre o mais divertido porque eu começo a ver as expressões faciais de todos quando digo que não vou passar lição de casa.

E eu digo aos alunos que eles tem de parar de serem seguidores e começarem a ser líderes de si mesmo. Que o que eles vão fazer em casa deve ser de acordo com o nicho de mercado que cada um escolheu para trabalhar.

E o que quero dizer? Bem, todo desenhista tem muita dificuldade no início da sua carreira, pois no início seus trabalhos parecem muito amadores.

E provavelmente seu portfólio não terá uma cara profissional. Tem desenhista que coloca no portfólio uma variação tão grande de estilos diferentes de desenhos que acaba deixando quem olha, um pouco confuso, sem saber qual é realmente o nicho de mercado que ele trabalha.

Se você pretende ter sucesso como desenhista profissional, então será preciso ter um compromisso com um estilo, com um processo e também com o tema.

Veja o vídeo do Post

Elemento #1 para um desenhista profissional: Processo

“Processo” é o item mais importante que um profissional deve dominar. O que eu quero dizer com processo é o que você faz quando recebe um telefonema ou um e-mail solicitando um trabalho.

Logo seu processo deve ser consistente. Isso é o que os meus alunos odeiam. Eles não querem escolher apenas uma forma de trabalhar.

Por que é importante decidir e se comprometer com um processo?

Sei que algumas pessoas dizem “mas eu gosto de desenhar com lápis, mas também gosto de pintar com lápis de cor, ou com tinta a óleo, ou com aquarela”.

Isso é bom, mas o seu portfólio profissional deve conter apenas um processo, pelo menos no início de sua carreira. Quando você se estabelecer, então poderá introduzir outras mídias diferentes.

Porque você deve ter apenas um processo? Bem, uma das razões é para criar uma assinatura. E isso deve ser totalmente intuitivo e outra razão é para deixar o seu cliente à vontade.

Pois ele precisa saber de antemão o que receberá de você. O seu cliente não deve se preocupar em escolher se a sua encomenda vai ser um desenho ou uma pintura. Quando ele procurar você, isso já estará definido.

Desenhista profissional bem sucedidos tem um processo principal que eles chamam de seu.

 

Para mim é assim:

  • primeiro, eu recebo a foto do meu cliente.
  • Em segundo lugar, faço duas cópias, uma colorida e outra preto e branco. Normalmente a cópia colorida eu faço no tamanho 20 x 30 cm e a preto e branco, se for possível, procuro fazer já no tamanho que será o desenho.
  • Em terceiro lugar, faço o esboço só com as linhas principais.
  • Em quarto lugar, “pinto” uma camada de grafite em todo o papel, uso o lápis 2B e em seguida esfumo como papel higiênico. Isso vai servir para criar uma atmosfera no desenho e também já me serve para ver se por acaso tem alguma irregularidade no papel. Se tiver, eu já descarto logo, sem perder tempo.
  • Quinto, finalmente começo a trabalhar no desenho o que geralmente, leva em torno de umas 30 horas, dependendo do tamanho.

Por isso estou mantendo esse processo a 3 anos. E não pretendo mudar. É por isso que estou tendo uma carreira até certo ponto, bem sucedida.

Pois eu dominei o meu processo de trabalho. Muitos artistas pulam ou mudam tantas vezes de mídias, como acrílico, digital, colagem, lápis de cor, que acabam até ficando bons em todos, mas nunca dominam realmente nenhum.

E com isso eles nunca saem da fase de experimentação. Seu portfólio sempre parece pouco profissional por causa disso.

Desenho Realista na Sacada

Observe como os três desenhos tem a mesma aparência e uma sensação consistente. O processo que eu usei para completar todos os três foi o mesmo.

Elemento #2 para um desenhista profissional: Estilo

Uma vez que você definiu o processo, você precisa agora definir um “estilo”. Da mesma forma que o processo, o seu estilo também tem que ser a sua assinatura.

E as pessoas não devem precisar olhar para o seu nome. Quando ela olharem o seu trabalho, o seu estilo deve dizer o seu nome.

Entretanto o estilo que você escolher realmente deve ser baseado em uma opção de vida. Você consegue se ver fazendo pintura à óleo por dez horas por dia?

Ou você é mais um pintor digital e prefere ficar seis horas na frente de um computador?

Assim, meu único conselho para todo iniciante é que façam suas próprias escolhas, não deixe outros escolherem por você.

Pois você escolhe como vai ser o seu estilo de vida e seu estilo de trabalho tem que ser igual ao seu estilo de vida.

Por isso meu estilo de desenho é o realista. Tão desnecessário dizer que minha vida gira em torno disso. Todos os anos de desenho realista me deu alguns bens que não podem ser tirados. É parte da razão pelo qual eu ensino hoje.

Então, quando você toma a decisão de qual estilo é o ideal, também precisará tomar duas decisões. Uma delas, qual será o seu horário de trabalho, quantas horas você se vê trabalhando em uma imagem.

A outra é não confundir o que você quer fazer com o que você é bom. Faça o que você sabe fazer melhor. Não tente ser alguém ou algo que você não é. 

Desenho Realista Menina com Balde

 Observe como o estilo de todos os três desenhos são consistentes.

Elemento #3 para um desenhista profissional: Tema

“Tema” é o terceiro fator a considerar quando se quer lançar uma carreira como artista visual. Manter sempre o mesmo tema não é uma obrigação.

No entanto, essa escolha poderá fazer com que você trabalhe mais e melhor ou poderá te esgotar. Por que?

Porque se você estiver sempre trabalhando em uma assunto que é chato, você rapidamente vai ficar entediado.

Ao pensar sobre isso, pense grande. Não se limite. Que tipo de tema pode ter “pernas”? O que você poderia fazer com seu trabalho depois de concluído?

Talvez você possa licenciá-lo, transformá-lo em cópias, vendê-lo em uma galeria.

O que eu gosto de trabalhar é com retratos. Mas infelizmente desenho de retratos não tem “pernas”. As pessoas realmente não querem comprar retratos de outras pessoas para colocarem na sua parede.

Por isso eu só posso trabalhar com esse assunto se for por encomenda.

Se eu fizer o desenho de retrato de alguém por minha espontânea vontade, sem ter sido encomendado, as chances são que esse desenho acabe no fundo de uma gaveta no meu estúdio.

Para trabalhar em um desenho sem que antes tenha sido encomendado por alguém  o tema precisa ser comerciável. Como super-heróis, animais, flores, etc. Dependendo da sua escolha, o seu trabalho pode te render algum dinheiro ou não.

Outra coisa a considerar ao escolher o assunto é simplesmente o meio em que você vive. Eu conheci um desenhista que adorava comida e adorava cozinhar.

Ele primeiramente fez ilustrações que tinham comida. Ele amava o objeto do seu trabalho artístico e por isso conseguiu fazer muitos desenhos e consequentemente muito dinheiro.

Ele ilustrou um artigo em uma revista de alimentos com desenhos de frutas frescas. Essa imagem foi transformada em cópias e vendidas em cadeias de supermercados e exibidas em departamentos de produtos.

A imagem também foi transformada em ilustração e foi alugada por um determinado tempo. Também foi utilizada para ilustrar as sacolas do supermercado.

Se você conseguir juntar o que você ama com a sua arte, então você poderá se dar muito bem.

desenhista profissional Desenho Realista Velh mão no rosot

Pessoalmente eu nunca ofereço dois estilos diferentes aos meus clientes. Meu estilo é o desenho realista com lápis de grafite. Com isso eu me mantenho num único nicho de mercado.

Elemento #4 para um desenhista profissional: Nicho de Mercado

A vantagem de ter todos esses fatores no lugar é realmente evidente quando se trata de comercialização de seu trabalho. Você sabe exatamente qual mercado tem que trabalhar.

Quando as pessoas que te conhecem, precisam de um desenho em que você é especialista, elas sabem muito bem a quem recorrer.

Seu portfólio terá uma “cara” profissional.

Você não terá que enviar trezentos cartões postais para promover o seu trabalho.

Você provavelmente precisará apenas enviar uns trinta cartões para um público específico. Eles poderão realmente usar a sua arte, porque eles verão que você tem um produto que se adapta às suas necessidades.

Esta é também uma maneira de manter uma carreira indo por um longo período de tempo, porque os diretores de arte, agentes, galerias, etc. , agora conhecem a sua marca.

Para se aprofundar ainda na mais nesse assunto, segue duas opções pra você:

E claro… não esqueça de me dizer o que achou desse artigo e se foi útil pra você.

Deixe seu comentário ou sua pergunta no espaço abaixo

Aprenda Desenho Realista com Carlos Damasceno - Baixe o Nosso E-Book grátis! ... Basta clicar no botão verde abaixo

BAIXAR E-BOOK NO TELEGRAM

Carlos Damasceno

Carlos Damasceno é desenhista profissional e professor de desenho. Especialista em ajudar pessoas a desenvolverem o seu talento para o desenho sem precisarem pagar por curso caros e demorados.

Website: http://comoaprenderadesenhar.com.br/