Desenhos para o Calendário do Mercado Municipal em Mucambo / Ceará

15590549_1260902337318119_5427949107752848552_n

Textos do Professor Antônio Araújo de Souza e Desenhos de Carlos Damasceno

No dia 12 de dezembro de 2016 o mercado de Mucambo foi reinaugurado, pelo prefeito Wilebaldo, com o nome de Mercado Municipal Alberto de Souza Melo.

Para comemorar esse importante acontecimento, os filhos de seu Alberto lançaram um calendário de 2017, destacando, em cada uma das páginas, a figura de um marchante que fez parte da história do mercado

São 14 homenageados.

O calendário trouxe na sua página inicial, o texto a seguir, que é uma brevíssima história do mercado.

Leia:

15541418_1260902423984777_349818593023479959_n

Veja agora a lista dos Homenageados:

HOMENAGEADO EM JANEIRO: MANOEL SILVINO

desenho-no-01-manoel-silvino-desenho-realista-de-carlos-damasceno-2

Manoel Silvino, patriarca da Família Silvino, morava no Alto, onde criou os filhos, ao lado de Dona Francisca Romano.
Todos os dias ele caminhava, da sua casa para o Mercado, e voltava, sempre ao final do dia, trazendo pão e alegria.

O Mercado fez parte da vida de seu Manoel Silvino.

15542383_1260902530651433_122612313553006335_n

HOMENAGEADO DE FEVEREIRO: SEBASTIÃO SERAPIÃO

desenho-no-02-sebastiao-serapiao-desenho-realista-de-carlos-damasceno-2

Sebastião Serapião viveu na simplicidade dos homens de bem e seu nome entrou, merecidamente, para a história do Mercado, onde ele trabalhou, incansavelmente, durante toda a sua vida, exercendo com dignidade a nobre profissão de marchante.

O Mercado fez parte da vida de seu Sebastião Serapião.

15541179_1260902593984760_6400942460237261054_n

HOMENAGEADO DE MARÇO: INÁCIO SALVINO

desenho-no-03-inacio-salvino-desenho-realista-de-carlos-damasceno-2

Inácio Salvino passou por esta vida alegremente e ensinou que a arte de bem viver, é viver de bom humor.
Em sua banca, no Mercado, ele cortava e vendia carne, e junto com a carne entregava alegria e esperança.

O Mercado fez parte da vida de seu Inácio Salvino.

15492078_1260902683984751_7165774831856163628_n

HOMENAGEADO DE ABRIL: ANTÔNIO SILVINO

desenho-no-06-antonio-silvino-2-desenho-realista-de-carlos-damasceno-2

Antônio Silvino, o eterno namorado de dona Francinon, fez do Mercado um local pra plantar e cultivar amizades.
Por isso, sua banca, mais que um lugar de vender carne, era ponto de encontro de toda a sua legião de amigos.

O Mercado fez parte da vida de seu Antônio Silvino.

15391094_1260902740651412_2395483062503540427_n

HOMENAGEADO DE MAIO: ANTÔNIO GOMES

desenho-de-antonio-gomes-desenho-realista-de-carlos-damasceno-2

Antônio Gomes viveu a alegria de um grande amor por toda vida e a felicidade de um prazeroso trabalho em sua banca no Mercado.
O amor deu-lhe três joias raras: Rosângela, Zé Carlos e Linhares.
O trabalho deu-lhe as condições para uma vida digna com a família.

O Mercado fez parte da vida de seu Antônio Gomes.

15589495_1260902813984738_4734366401618354582_n

HOMENAGEADO DE JUNHO: JOSÉ LOURENÇO

desenho-no-07-jose-lourenco-desenho-realista-de-carlos-damasceno-2

José Lourenço escreveu uma página na história do Mercado, onde trabalhou, honesta e honrosamente, durante muitos anos.
Era um homem de poucos estudos, porém muito bem informado, e gostava de conversar, enquanto cortava e pesava a carne.

O Mercado fez parte da vida de seu José Lourenço.

15541974_1260902907318062_4280876500346023280_n

HOMENAGEADO DE JULHO: RAIMUNDO LINHARES

desenho-no-10-raimundo-linhares-desenho-realista-de-carlos-damasceno-2

Raimundo Linhares viu, na juventude, o alvorecer do Mercado, local onde trabalhou, cotidianamente, anos e anos da sua vida, exercendo, com honestidade e dedicação, a profissão de marchante.
Sua história de vida é motivo de orgulho para seus descendentes.

O Mercado fez parte da vida de seu Raimundo Linhares.

15541382_1260902997318053_7398932653873736723_n

HOMENAGEADO DE AGOSTO: CHICÓ SILVINO

desenho-no-08-cchico-silvino-desenho-realista-de-carlos-damasceno-2

Chicó Silvino era mestre no ofício de cortar a carne.
Homem de poucas palavras, trabalhava em silêncio, e, silenciosamente, ouvia e atendia a cada freguês, no exercício diário da sua profissão de marchante.

O Mercado fez parte da vida de seu Chicó Silvino.

15541133_1260903087318044_3073321285391874059_n

HOMENAGEADO DE SETEMBRO: CARPO FERREIRA

desenho-no-09-carpo-ferreira-desenho-realista-de-carlos-damasceno-2

Policarpo Ferreira, mais conhecido como Seu Carpo, valorizou, dignificou e honrou a profissão de marchante.
Era um homem circunspecto, porém, muito atencioso, e tinha o respeito e a credibilidade dos seus fregueses.

O Mercado fez parte da vida de seu Carpo Ferreira.

15590612_1260903177318035_5649245708030339194_n

HOMENAGEADOS DE OUTUBRO: VALDEMAR E EXPEDITO

desenho-no-12-1-valdemar-desenho-realista-de-carlos-damasceno-2

desenhono-11-2-expedito-desenho-realista-de-carlos-damasceno-2

Valdemar e Expedito Silvino, dois honrados mucambenses, unidos pelo mesmo sangue nas veias e pela mesma profissão.
Ambos escreveram os seus nomes na história do Mercado, para satisfação e orgulho dos descendentes de um e do outro.

O Mercado fez parte da vida de seu Valdemar e de seu Expedito.

15492465_1260903237318029_7211751038524282849_n

HOMENAGEADO DE NOVEMBRO: BRÁULIO DE BRITO (BRAU)

desenho-de-brau-desenho-realista-de-carlos-damasceno-2

Bráulio Rodrigues de Brito, ou Brau, como todos o conheciam, era um autêntico representante do valoroso homem sertanejo: trabalhador, honesto, corajoso, honrado, esperançoso, e, acima de tudo, um homem que lutava pelo bem estar da família.

O Mercado fez parte da vida de seu Bráulio Rodrigues de Brito

15541408_1260903313984688_8368205043090942610_n

HOMENAGEADA DE DEZEMBRO: FRANCISCA ROMANO

desenho-no-12-3-francisca-romano-desenho-realista-de-carlos-damasceno-2

Com todo respeito ao seu Manoel Silvino, ao seu Sebastião Serapião, ao seu Inácio Salvino, ao seu Antônio Silvino, ao seu Antônio Gomes, ao seu José Lourenço, ao seu Raimundo Linhares, ao seu Chicó Silvino, ao seu Carpo Ferreira, ao seu Valdemar e ao seu Expedito e ao seu Bráulio Rodrigues de Brito, mas nenhum deles teriam sido o que foram se não tivessem, em casa, uma valorosa companheira, na alegria e na tristeza, como falou o padre, no dia do casamento.

Por isso a última homenagem no Calendário do Mercado é uma homenagem às valorosas mulheres dos marchantes, aqui representadas por essa pessoa linda que é a Dona Francisca Romano […]

Francisca Romano foi esposa e mãe de marchantes, e participou, como protagonista oculta, da história do Mercado.
Tal como Dona Francisca, outras mulheres batalhadoras fazem parte dessa história de vida, de trabalho e de amor.

O Mercado fez parte da vida de Dona Francisca Romano.

15439975_1260903397318013_5972561688486325319_n

LEMBRANÇAS DE UMA VIDA

desenho-especial-meu-pai-desenho-realista-de-carlos-damasceno-2

Alberto de Souza Melo, filho de Josefa Guiomar de Souza e Raimundo Francisco de Melo, nasceu em Mucambo, no dia 9 de abril de 1924, em uma casa na Rua Dona Lindóia, ao lado da Igreja, e vizinha à casa onde morou a Família Serafim.

Ainda criança, foi morar no Carquejo, distrito de Mucambo, onde cresceu na companhia dos seus irmãos Artur, Francisco, Carlos, Miguel, Paulo, Valdice e Idelzuite.
Aos onze anos de idade começou a trabalhar em pequeno comércio, quando, então, precisava subir em um caixote de madeira para atender os fregueses no balcão.

Em 1946 casou-se com Dona Mirian e o casal teve os filhos Helena, Edilson, Miguel, Fátima, Antônio, Cilene e Carlos, nascidos no Carquejo, e Raimundo, Socorro, Alberto e Elizabete, nascidos quando a família já morava em Mucambo, o que veio a ocorrer a partir de 1959.
Nasceram, ainda, no Carquejo, Luzanira e Raimundo, que tornaram-se anjos logo depois do nascimento.

Em Mucambo, Alberto de Souza Melo desenvolveu uma intensa e próspera atividade comercial e agropecuária, iniciadas no Carquejo, ao mesmo tempo que atuava na vida política da cidade, tendo sido eleito vereador e prefeito, quando priorizou a educação e construiu 12 escolas no município.
Posteriormente, exerceu o cargo de vice-prefeito.

Na madrugada de 25 de julho de 2002 ele dormiu e, serenamente, foi ao encontro de sua eterna companheira, na Casa de Deus,
deixando uma imensa saudade.
Saudade que não acaba.
Nunca acabará!

Prof. Araújo

15542212_1260903583984661_6593141001070534392_n

Deixe seu Comentário

Preencha os dados solicitados e receba o Seu E-Book Grátis por E-mail agora mesmo! 

Carlos Damasceno

Carlos Damasceno é desenhista profissional e professor de desenho.
Especialista em ajudar pessoas a desenvolverem o seu talento para o desenho sem precisarem pagar por curso caros e demorados.

Website: http://comoaprenderadesenhar.com.br/