3 Razões que Explicam a Incapacidade de Desenhar

Às vezes, você simplesmente não consegue entender.

E parece que não importa o quanto você tente, quanto intensamente você olhe para um objeto, seus desenhos parecem errados.

Você ler livros que ensinam a desenhar, talvez frequente algumas aulas de arte, mas a arte do desenho ainda parece o iludir.

E você começa a se questionar –

  • e se for eu?
  • E se eu não tiver talento suficiente?
  • E se eu nunca melhorar?

Você não está sozinho.

Entender o processo do desenho pode ser a chave para seu sucesso artístico, e uma mente criativa, nova e afiada, mas pode parecer uma batalha difícil.

Porém, e se houvesse uma solução simples?

As peças para o quebra-cabeça que você não sabia que existiam, os 3 segredos que poderiam melhorar instantaneamente seu desenho e pintura?

Vale uma tentativa?

1 – E se fosse dito a você, que você conversa muito?

Conversar e desenhar não se misturam.

Os problemas principais associados com desenho se caracterizam que ao conversar se usa o lado esquerdo lógico influenciado pela linguagem do cérebro.

Este lado do próprio cérebro está afiado sobre entender o nome do objeto, classificá-lo, e organizá-lo.

Muitas vezes, quando se aprende a desenhar, você precisa temporariamente conter o julgamento e tentar não adivinhar o que pensa que o objeto deva representar ao invés do que o objeto realmente seja.

Quando você estiver tentando aprender a desenhar algo realisticamente, você tem que envolver seu lado direito do cérebro, que é mais afiado em imagens e percepção espacial.

É muito difícil fazer as 2 coisas ao mesmo tempo.

O motivo?

Porque isso causa congelamento da mente.

Você já esteve em uma zona criativa de absorção, um estado onde o tempo viaja rapidamente e você está no que o professor de psicologia Mihaly Csikszentmihalyi chama de “fluxo”.

Como é a sensação de estar em fluxo?

Completamente envolvido no que estamos fazendo, focados, concentrados.

Uma sensação de êxtase, de estar fora da realidade cotidiana.

A grande clareza interior, saber o que precisa ser feito, e como bem estamos fazendo.

Saber que a atividade é factível, que as habilidades são suficientes para a tarefa.

Uma sensação de serenidade, sem preocupação sobre si, e um sentimento de crescimento além dos limites do ego.

A intemporalidade, completamente focado no presente, nosso pecado a passar em minutos.

A motivação intrínseca, o que produz o fluxo se torna sua própria recompensa.

O fluxo é o estado mental quando você está totalmente imerso em uma atividade, um sentimento de envolvimento total e energia.

Você pode chegar neste estágio de envolvimento enquanto desenha, até que seja interrompido.

A combinação da batalha do esquerdo e direito um contra outro faz a tentativa de desenhar complicada.

Você consegue aprender a conversar e desenhar ao mesmo tempo, mas isso leva tempo.

E tudo começa por entender como a mente funciona, e como você pode estar de modo inconsciente sabotando seus melhores esforços.

2 – Você tem um crítico interno severo?

Você pode aprender a desenhar, e simplesmente pode não acreditar nisso, e isto é muitas vezes o primeiro obstáculo para obter uma nova habilidade.

O desenho é tanto um jogo mental como um jogo de observação.

Claro, você precisa de um nível básico de habilidade para segurar um lápis e fazer uma traço, mas não tanto quanto possa pensar.

É sobre o mesmo nível de habilidade de assinar o próprio nome ou jogar e pegar uma bola.

No entanto, a sua mente subconsciente é extremamente poderosa e pode desempenhar estrago com seus melhores esforços quando estar aprendendo esta nova habilidade.

Você vê, seu subconsciente está quase dizendo a você que isto não pode ser verdade.

Mudando seu script interno

Muitas vezes o sucesso nas nossas vidas resulta de nossas próprias crenças internas.

E estas podem estar acabando com o progresso como artista ou em quaisquer outras áreas da sua vida.

“As pessoas bem-intencionadas, inteligentes, muitas vezes recorrem a repetir o comportamento auto-destrutivo em suas vidas profissionais e pessoais”,

Robert Brooks PH.D e Sam Goldstein, autores de The Power of Resilience.

Se você mantiver o pensamento que não consegue desenhar, você não desenhará.

Ao tentar desenhar algo realisticamente e isso começar a se apresentar “errado”, seu crítico interior começa a levantar a cabeça dele.

E muitas vezes os desenhos começam muito bem e você observa coisas com precisão, é somente quando você chega a um pequeno pedaço complicado que começar a se questionar.

A verdade é que você provavelmente começou a “compensar” o resto do desenho e parou de observar.

E surge o crítico interno e diz: “Isso não parece como um barco, desista agora, isso parece como um desenho de criança”.

Então, o que temos que fazer é parar de rotular objetos, e começar a olhar mais de forma abstrata.

3 – Você rotula muito o objeto?

Isto não é correto?

Você deve estar olhando e rotulando o objeto, você deve estar realmente se concentrando nele, isso é o que você tem que fazer, certo?

Bem, sim e não.

Quando estou desenhando uma garrafa, eu não desenho a garrafa.

Eu desenho as formas ao redor da garrafa e então a garrafa é desenhada por mim.

Confuso?

Deixe-me explicar um pouco mais.

Todas as bordas em um desenho são bordas compartilhadas, você não consegue desenhar uma linha sem a mesma dividindo 2 bordas.

Imagine desenhar o fundo de um barco, uma linha horizontal reta.

Essa linha agora divide uma extremidade com o fundo do barco e a água.

Uma linha, duas bordas.

Esse barco que estava sendo um problema para você, agora é apenas uma série de linhas e formas.

Então, se eu desenho o espaço em torno da garrafa, isso divide uma borda com o espaço e a garrafa, então a garrafa é desenhada por mim, mesmo eu não a desenhando.

No desenho, você está constantemente tentando desassociar de rotular objetos reais para que seu lado cerebral esquerdo lógico não consiga tentar dizer a você como desenhar o que reconhece.

E parece errado, parece ultrapassado, mas esta é a razão de que você não consegue desenhar.

Para ver como um artista, você tem que aprender a fazer uma mudança cognitiva do lado cerebral esquerdo ao lado cerebral direito.

Se você ficar conversando consigo mesmo, envolvendo seu crítico interno, você estará disparando o lado esquerdo do cérebro.

Já imaginou o motivo de Jackson Pollack ter bebido muito Bourbon, absinto de Van Gogh?

O álcool acalma, você não fica tão auto-crítico.

Então, embora eu não esteja sugerindo que você se dirija ao bar antes de pegar seu lápis, apenas tente estar consciente da “voz” interna que impedirá seu progresso.

O desenho é um paradoxo.

Para ver algo como um artista vê, você tem que olhar nos elementos abstratos dentro dele.

Tentar não focar exclusivamente no objeto, tentar não rotular um objeto, mas apenas vê-lo, como formas simples.

Os elementos abstratos uma vez desenhados, então se tornam reais na frente dos seus olhos e o lado cerebral esquerdo então incendiará para fazer sentido das formas e rotular isso.

A perspectiva do lado cerebral direito sobre a vida pode dar a você uma visão holística, onde os associados ao lado cerebral esquerdo são muitas vezes mais orientados em detalhes.

Os pensadores associados ao lado cerebral esquerdo focam em lógica, racionalidade, sequencial, e analítico, enquanto os associados ao lado cerebral direito preferem abordagens mais aleatórias, holísticas, e livres de associação.

Os psicólogos dizem que os associados ao lado cerebral esquerdo focam em palavras e números, enquanto as pessoas ligadas ao lado cerebral direito focam em imagens e padrões visuais.

Os pensadores ligados ao lado cerebral direito fazem associações laterais, enquanto as pessoas associadas ao lado cerebral esquerdo fazem deduções lógicas da informação.

A maioria das pessoas é uma mistura entre os 2, quaisquer destes traços de caráter parecem familiares?

Funções do Lado Cerebral Esquerdo

  • – usa lógica
  • – orientado em detalhes
  • – regra de fatos
  • – palavras e linguagem
  • – presente e passado
  • – matemática e ciência
  • – pode compreender
  • – conhecimento
  • – reconhece
  • – percepção de ordem/padrão
  • – conhece nome do objeto
  • – baseado em realidade
  • – forma estratégia
  • – prático
  • – seguro

Funções do Lado Cerebral Direito

  • – usa sentimento
  • – orientado com “o todo”
  • – regras de imaginação
  • – símbolos e imagens
  • – presente e futuro
  • – filosofia e religião
  • – pode “entender”
  • – acredita
  • – aprecia
  • – percepção espacial
  • – conhece função do objeto
  • – baseado em fantasia
  • – apresenta possibilidades
  • – impetuoso
  • – assume riscos
  • – desenhando como uma habilidade aprendida

Apenas como cada outra atividade, as suas capacidades serão melhoradas conforme você aprender princípios básicos e obtem prática.

O segredo para aprender a desenhar, é o mesmo usado para aprender a escrever, é boa instrução fundamental, e então trabalhar até que obtenha isso.

Ninguém disse que seria fácil, nada que valha a pena é fácil.

No entanto, só porque é desafiador, não significa que você não possa aprender.

Com o tempo e trabalho duro, você será excelente no Desenho.

Como aprender a desenhar (sem anos de estudo)?

Eu acredito que qualquer um possa aprender a desenhar com precisão e de modo realista, sem anos de estudos esgotantes.

Eu desenvolvi uma maneira fácil de seguir, um curso de vídeo online e com PDFs para download de 5 partes, para ajudar os artistas frustrados a realmente entender como o desenho realista funciona.

Você seguirá em uma jornada criativa para aprender a “ver como um artista”.

Você aprenderá a como com confiança escolher um lápis e desenhar qualquer cena na sua frente.

Imagine ganhar uma nova perspectiva sobre o mundo, “vendo” desenhos e composições ao redor de você!

Eu quero dar a você uma clara explicação e progressão lógica para que qualquer um possa aprender os conceitos e técnicas de desenho.

Com mais de 3 horas de vídeo, eu quero que você tenha aquele momento “a-ha” e realmente “comece a desenhar”.

Vamos Desenhar Juntos?

Curso O Segredo do Desenho Realista de Retratos a Lápis

 

Deixe seu comentário ou sua pergunta no espaço abaixo

95% das Pessoas que leram esse artigo, também leram os artigos abaixo:

Preencha os dados solicitados e receba o Seu E-Book Grátis por E-mail agora mesmo! 

Carlos Damasceno

Carlos Damasceno é desenhista profissional e professor de desenho. Especialista em ajudar pessoas a desenvolverem o seu talento para o desenho sem precisarem pagar por curso caros e demorados.

Website: http://comoaprenderadesenhar.com.br/