Hoje Aprender a Desenhar é uma Questão de Escolha e NÃO de Oportunidade

Quando eu era criança, a minha grande diversão era fazer desenhos em qualquer caderno ou pedaço de papel.

Aprender a Desenhar é uma Questão de Escolha

Nessa época eu não me preocupava muito em escolher um tipo específico de estilo para desenhar.

Bom… Deixa-me ver… Na verdade tinha um estilo que eu desenhava mais… Eram desenhos de super-heróis. Principalmente o Homem-Aranha e o Batman. Sempre gostei desses dois personagens.

Porém isso não me impedia de desenhar outros estilos. Eu também desenhava os personagens da Disney (inclusive o primeiro desenho que me lembro de ter desenhando, aos seis anos de idade, foi Branca de Neve e os Sete Anões), Popai, Perna Longa e sua turma, os Flintstones e por ai vai.

Outro estilo que gostava muito era o de Faroeste, principalmente os desenhos das revistas do Tex e do Zagor.

Inclusive havia um amigo meu naquela época que tinha uma coleção dessas revistas e ele sempre desenhava as capas com caneta Bic preta e coloria com Lápis de Cor.

Eu achava isso incrível e era doido pra desenhar daquele jeito também.

Por isso até tentei fazer as minhas próprias revistas em quadrinhos. Porém não levava o menor jeito para criar as histórias.

Meu negócio era somente copiar os desenhos dos artistas que faziam as revistas. Criar desenhos não era o meu forte (acho que por isso prefiro desenho realista, não precisa criar, só copiar rsrs)

Nessa época também, eu ia com meu pai para a cidade de Fortaleza (eu morava em Maranguape, ambas as cidades ficam no Ceará) e lá era comum encontrar desenhistas nas calçadas fazendo desenhos de retratos ou caricaturas.

Sempre que eu podia, ficava lá, do lado de algum deles, só os vendo desenharem e ficava observando que tipo de materiais eles usavam (Até então eu só usava o lápis escolar, caneta Bic e lápis de cor. Ainda não conhecia o lápis 6B rsrsrs).

Com isso, comecei a pegar o gosto pelo desenho de retratos. Só que eu não contava que seria tão difícil desenhar uma pessoa somente olhando para ela. Eu tentava e não saia nada parecido (Conhece alguém que já passou por isso?).

Eis que agora eu havia me apaixonado por desenhos de retratos e acabei desistindo de me aprimorar em outros estilos, logo ou eu aprendia os Segredo do Desenho Realista de Retratos a Lápis ou eu desistia de vez de desenhar.

E então decidi que não ia desistir e hoje sou grato por ter tomado essa decisão.

Porém, vale lembrar que naquela época eu ainda não tinha acesso a um computador com impressora, não existiam máquinas fotográficas digitais e nem muito menos celular que tirasse fotos. Internet? Que era isso? kkkk

Minha opção era usar a fotografia impressa mesmo (que quase sempre era bem pequena) e tentar ampliar como desse.

Quando pegava uma foto com o rosto da pessoa maior que dois centímetros, eu chegava a vibrar por ter achado uma “foto de alta qualidade”.

Mas era bem difícil ampliar essa foto. O único recurso que eu podia usar era o Método de grade.

Mesmo assim não era muito eficiente. Sempre tinha algo que ainda ficava fora de proporção.

Apesar disso, segui desenhando e sempre praticando.

Hoje temos muito recurso para estudar e praticar desenhos. A internet está ai e repleta de conteúdo gratuito e conteúdo pago (com preços bem acessíveis, diga-se de passagem… há se naquele tempo fosse assim rsrsrs).

Quem quer aprender a desenhar hoje em dia ou se aperfeiçoar, tem um mar de opções para escolher. Portanto não há desculpas para não começar a se aperfeiçoar no desenho hoje mesmo.

Ou seja, aprender a desenhar é uma questão de escolha e não de oportunidades.

Essa é a minha opinião. Qual é a sua? Deixa aqui nos comentários. Será um prazer discutir esse assunto com você.

Grande Abraço e Vamos Desenhar JUNTOS

Preencha os dados solicitados e receba o Seu E-Book Grátis por E-mail agora mesmo! 

Carlos Damasceno

Carlos Damasceno é desenhista profissional e professor de desenho. Especialista em ajudar pessoas a desenvolverem o seu talento para o desenho sem precisarem pagar por curso caros e demorados.

Website: http://comoaprenderadesenhar.com.br/